Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Últimas Notícias > Setor industrial apresenta demandas para fortalecer desenvolvimento na Amazônia e no Nordeste
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Setor industrial apresenta demandas para fortalecer desenvolvimento na Amazônia e no Nordeste

  • Publicado: Terça, 28 de Janeiro de 2020, 21h37
  • Última atualização em Terça, 28 de Janeiro de 2020, 21h37

Primeira reunião do Grupo de Trabalho formado pelo MDR e federações industriais aconteceu nesta terça-feira(28). Ministro Gustavo Canuto presidiu o encontro

28 01 Reunião indústriaBrasília-DF, 28/1/2020 – O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, destacou a importância de fomentar o crescimento de regiões consideradas prioritárias pela Constituição Federal a fim de alavancar a melhoria da qualidade de vida da população dessas localidades. Nesta terça-feira (28), ele presidiu a primeira reunião do Grupo de Trabalho formado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e as associações Nordeste Forte e Ação Pró-Amazônia, que congregam representantes de federações industriais. A expectativa é de definir ações conjuntas que estimulem o crescimento das regiões.

“A ideia é que, com esse fórum, sejamos um canal de comunicação da indústria com todo o Governo Federal. Alinhando as demandas às políticas públicas, poderemos impulsionar essas localidades. Para isso, um dos nossos instrumentos é a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), que tem o objetivo de criar oportunidades para que essas regiões se desenvolvam de forma ambiental, social e economicamente sustentável. O Nordeste e a Amazônia são verdadeiros potenciais de riqueza”, afirmou Gustavo Canuto.

As regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste estão elencadas como prioritárias pela Constituição Federal de 1988 e estão no centro das atenções da PNDR. O Ministério produziu Planos Regionais de Desenvolvimento para cada um desses territórios, com medidas voltadas ao incremento econômico e social de acordo com as potencialidades de cada área. Os documentos foram encaminhados ao Congresso Nacional em novembro do ano passado.

Também participaram do encontro o secretário-executivo do MDR, Mauro Biancamano; a secretária nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano da Pasta, Adriana Alves; o superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia; o superintendente da Sudene, Douglas Cintra; o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) e da Ação Pró-Amazônia, José Adriano Ribeiro da Silva; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte e da associação Nordeste Forte, Amaro Sales; entre outros dirigentes do setor industrial.

registrado em:
Fim do conteúdo da página