Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Últimas Notícias > Em Petrolina (PE), arranjos produtivos trocam informações para fortalecer objetivos das Rotas da Integração
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Em Petrolina (PE), arranjos produtivos trocam informações para fortalecer objetivos das Rotas da Integração

  • Publicado: Quarta, 27 de Novembro de 2019, 15h53
  • Última atualização em Quinta, 28 de Novembro de 2019, 15h24

MDR reuniu representantes de Polos da iniciativa para discutir avanços e desafios das unidades durante o 2º Encontro Nacional das Rotas de Integração e o TIC Day. Programa já alcança mais de 600 municípios em todo o País

27 11 Encontro Nacional RotasBrasília-DF, 27/11/2019 – Na última semana, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) promoveu o ‘2º Encontro Nacional das Rotas de Integração’. O evento, que ocorreu durante a programação do ‘Semiárido Show’, em Petrolina (PE), reforçou o compartilhamento de experiências das rotas de arranjos produtivos já implementadas pela Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano (SDRU) e entidades parceiras em todo o País.

A programação contou com coordenadores das Rotas da Biodiversidade, do Cordeiro, da Fruticultura, do Leite e do Mel – consideradas as mais avançadas da região Nordeste –, que apresentaram as conquistas e os desafios enfrentados pelos Polos já em atuação. Segundo o coordenador-geral de Sistemas Produtivos Inovativos da SDRU, Vitarque Coelho, o Encontro das Rotas de Integração foi uma grande oportunidade para conhecer de perto a realidade dos Polos espalhados pelo Nordeste.

“Conseguimos ter uma dimensão real do que os Polos estão fazendo e quais são as necessidades deles para se desenvolverem ainda mais. Além disso, nos encontros, os representantes dessas unidades têm a chance de trocarem experiências para que todos possam ser bem-sucedidos. E isso está totalmente dentro das metas das Rotas de Integração Nacional”, afirmou.

Na oportunidade, também foi discutida a construção de uma plataforma online para que integrantes das unidades tenham acesso a informações e tecnologias sobre recursos hídricos e energias renováveis voltadas ao semiárido. A ação será desenvolvida no âmbito da Rota da Economia Circular.

“O propósito para a criação da Plataforma é que possamos estabelecer um banco de informações de fácil acesso para os membros dos Polos e que permita a eles se apropriarem de novas tecnologias e difundi-las pelo semiárido. A ideia é fortalecermos a sustentabilidade das ações dos Polos para acelerar as cadeias produtivas estratégicas para o território”, reforçou o coordenador da Rota da Economia Circular, Luiz Paulo de Oliveira.

A realização do ‘2º Encontro Nacional das Rotas de Integração’ contou com apoio da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e do Banco do Nordeste (BNB). O evento foi fruto de uma parceria entre o MDR e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

TIC Day e Biodiversidade

A programação da SDRU em Petrolina também incluiu o ‘Rota TIC Day’, que reuniu representantes do Polo Mangue Digital, fundado este ano na Região Metropolitana do Recife (PE). Foram debatidos os potenciais de desenvolvimento que a tecnologia da informação e comunicação pode gerar no Nordeste e nas cadeias produtivas interiorizadas.

A reunião de trabalho resultou no surgimento de 4 novos projetos, cujos objetos são: ofertar internet banda larga e serviços agregados para perímetros irrigados e áreas dependentes de chuva; oferta de serviços digitais offline para agropecuaristas do semiárido; intensificação do uso de novas tecnologias pelo setor produtivo, e capacitação de pessoas para uso de novas tecnologias no setor produtivo.

Integrantes do Polo Juá-Caatinga, da Rota da Biodiversidade, também se reuniram para debater a elaboração de Termo de Referência visando a identificação e o mapeamento de espécies nativas da região do Polo. Isso inclui cidades da Paraíba e de Pernambuco, que são potencialmente estratégicas para o cultivo de ervas medicinais no âmbito da iniciativa.

Durante o ‘Semiárido Show’, também aconteceu o ‘Seminário Dinâmicas de Desenvolvimento Regional e Inteligência Territorial’. O MDR apresentou a nova agenda de desenvolvimento regional e urbano e a conexão dela com a inteligência regional. O tema foi apresentado pelo diretor de Desenvolvimento Regional e Urbano da Pasta, João Mendes da Rocha Neto, que abordou aspectos da atuação da SDRU em seus vários eixos.

Rotas

O Programa Rotas da Integração Nacional atua com redes interligadas de arranjos produtivos locais (APLs) que promovem inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade de empreendimentos associados. Isso ocorre a partir da coordenação de ações coletivas e iniciativas de agência de fomento. As Rotas atuam de acordo com diretrizes da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) e são parte das estratégias do MDR para a inclusão produtiva e o desenvolvimento de regiões.

Atualmente, há dez tipos de Rotas: do Açaí; da Biodiversidade; do Cacau; do Cordeiro; da Economia Circular; da Fruticultura; do Leite; do Mel; do Peixe; e da Tecnologia da Informação e Comunicação. Os 35 polos fundados atuam efetivamente em mais de 600 municípios das cinco regiões do País.

Somente no ano de 2019 foram descentralizados mais de 13,5 milhões de reais para a execução de 19 projetos selecionados conforme critérios técnicos em parceria com empresas públicas como a Codevasf, universidades, institutos federais, secretarias de Estado, consórcios municipais, entre outros executores.

Confira a galeria de imagens.

registrado em:
Fim do conteúdo da página