Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Últimas Notícias > Ministérios lançam programa de formação profissional para dessalinização de água
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ministérios lançam programa de formação profissional para dessalinização de água

  • Publicado: Terça, 26 de Novembro de 2019, 12h41
  • Última atualização em Quinta, 28 de Novembro de 2019, 08h25

Encontro de capacitação em Natal (RN) reúne representantes do Programa Água Doce, realizado em dez estados do semiárido

26 11 Água DoceBrasília, 26/11/19 – Representantes do poder público, do setor privado e de organizações da sociedade civil se reúnem em Natal, de 27 a 29 de novembro, para o 8º Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce (PAD). O evento será marcado pela assinatura de um pacto nacional que envolve dez estados do semiárido e pelo lançamento da primeira etapa do programa interministerial de formação profissional em sistemas de dessalinização, voltado especialmente para as comunidades beneficiadas pelo programa.

Um acordo de cooperação técnica entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) irá criar o Programa Nacional de Formação Profissional para Operação e Manutenção de Sistemas de Dessalinização.

Já a assinatura do pacto entre nove estados do Nordeste e Minas Gerais servirá para formação de alianças institucionais entre gestores de diferentes esferas. O objetivo desse acordo é garantir a troca de saberes, de boas práticas e de soluções encontradas para lidar com aspectos locais e regionais.

De acordo com o Departamento de Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas da Secretaria Nacional de Segurança Hídrica, órgão do MDR, só este ano entraram em operação 153 sistemas de dessalinização – média de uma entrega a cada dois dias em 2019.

O programa existe para garantir uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano, por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas salobras e salinas. Para isso é preciso estabelecer cuidados técnicos, ambientais e sociais na implantação e gestão de sistemas de dessalinização.

O Água Doce atende, prioritariamente, comunidades rurais do semiárido brasileiro e conta com uma rede de cerca de 200 instituições envolvidas no processo. Até o momento, foram diagnosticadas mais de 3,3 mil comunidades em 270 dos municípios mais críticos da região semiárida brasileira.

Já foram capacitados cerca de 2 mil operadores dos sistemas de dessalinização. Ao todo são 743 sistemas, sendo 243 no Ceará; 77 na Paraíba; 29 em Sergipe; 22 no Piauí; 76 no Rio Grande do Norte; 60 em Alagoas; e 236 na Bahia. Cerca de 300 mil pessoas são beneficiadas com água de qualidade nessas regiões. Já os estados de Minas Gerais, Maranhão e Pernambuco estão na fase de diagnóstico. 

Sobre o encontro

Os encontros nacionais de formação do Água Doce complementam os processos de formação e capacitação continuada dentro da metodologia do programa. Participam do evento, em Natal, representantes de órgãos federais, estaduais e municipais; organismos internacionais; coordenadores estaduais do programa; técnicos; empresas que atuam no tema da dessalinização; organizações da sociedade civil e representantes das comunidades atendidas pelo PAD.

Durante uma visita programada à comunidade Maria da Paz, em João Câmara (RN), os participantes poderão ver de perto o resultado de um projeto sustentável que permitiu ao sistema de dessalinização ser alimentado com energia solar fotovoltaica.

Serviço
8º Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce

Data: 27 a 29 de novembro de 2019
Local: Praiamar Natal Hotel & Convention
Endereço: Rua Francisco Gurgel, 33 - Bairro Ponta Negra
Cidade: Natal (RN)

Ouça o boletim de rádio.

registrado em:
Fim do conteúdo da página