Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui: Últimas Notícias > Ministério apoia instalação de nova unidade da Rota da Biodiversidade no Amazonas
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Ministério apoia instalação de nova unidade da Rota da Biodiversidade no Amazonas

  • Publicado: Sexta, 25 de Outubro de 2019, 16h37
  • Última atualização em Quarta, 30 de Outubro de 2019, 15h15

Oficina de Planejamento do Polo Manaus Amazônia acontece nos dias 4 e 5 de novembro. Ideia é estimular a produção de itens como fitoterápicos e biocosméticos

25 10 FitoterápicosBrasília-DF, 24/10/2019 – Nos dias 4 e 5 de novembro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) realiza a 1ª Oficina de Planejamento Estratégico do Polo Manaus Amazônia da Rota da Biodiversidade. A dinâmica acontece na Escola Superior de Tecnologia (EST), na capital amazonense.

A iniciativa tem como objetivo promover o desenvolvimento regional e a inclusão produtiva por meio da estruturação da cadeia de produção da biodiversidade. Neste contexto, estão inseridas a manufatura de produtos como fitoterápicos, fitofármacos e biocosméticos, por exemplo.

Durante a oficina, será definida a abrangência territorial do Polo e elaborada uma carteira de projetos por meio da definição de intervenções prioritárias para a estruturação das atividades. Além disso, serão designados os responsáveis pela elaboração das propostas e os potenciais financiadores.

“A Rota da Biodiversidade busca o desenvolvimento de novos negócios e produtos, utilizando a biodiversidade brasileira para a indústria bioquímica e o fortalecimento da indústria de cosméticos, que já usam esses insumos como elemento para a produção. Nosso objetivo é fortalecer a cadeia de fornecimento de insumos para esse setor da economia”, destacou o coordenador-geral de Sistemas Produtivos e Inovativos da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano (SDRU), Vitarque Coelho.

A criação do Polo Manaus Amazônia é fruto de um acordo de cooperação técnica entre a SDRU e a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). A instalação da unidade dará continuidade à Oficina de Prospecção da Rota da Biodiversidade na região do Médio Purus, também no Amazonas. A ideia é integrar as duas ações para que elas atuem em conjunto.

São parceiros da iniciativa o Ministério do Meio Ambiente (MMA); a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam); a Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) do Governo do Amazonas; a RedesFito, da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz); o Instituto Leônidas e Maria Deane, também da Fiocruz; a Universidade do Estado do Amazonas (Ufam); a Universidade do Estado do Amazonas (UEA); a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa); e o Banco da Amazônia.

Já em atuação

Atualmente, a Rota da Biodiversidade já apoia os Arranjos Ecoprodutivos Locais (AEPLs) Murapuama e Juá-Caatinga, Biriba-Mata Atlântica e Aroeirinha-Mata Atlântica. O primeiro abrange os municípios da Paraíba e Pernambuco: Brejo de Madre de Deus (PE), Buíque (PE), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Exu (PE), João Pessoa (PB) Lagoa Grande (PE), Monteiro (PB), Nova Palmeira (PB), Recife (PE), Salgueiro (PE), Santa Maria da Boa Vista (PE), Serra Branca (PB) e Sumé (PB).

Já o  Polo Biriba-Mata Atlântica contempla cidades do Extremo Sul da Bahia e do Norte do Espirito Santo: Alcobaça (BA), Caravelas (BA), Conceição da Barra (ES), Itanhém (BA), Itamaraju (BA), Pedro Canário (ES), Porto Seguro (BA), Prado (BA), São Mateus (ES) e Teixeira de Freitas (BA). O Polo Aroeirinha-Mata Atlântica contempla municípios baianos no Sul e Médio Sul do estado: Arataca (BA), Aratuípe (BA), Coaraci (BA), Cruz das Almas (BA), Ibicaraí (BA), Ibirapitanga (BA), Igrapiúna (BA), Ilhéus (BA), Itabuna (BA), Itacaré (BA), Ituberá (BA), Jussari (BA), Nilo Peçanha (BA), Santa Luzia (BA), Santo Antonio de Jesus (BA), Taperoá (BA), Uruçuca (BA) e Valença (BA).

Rotas da Integração

O Programa Rotas de Integração Nacional atua com redes interligadas de Arranjos Produtivos Locais (APLs) que promovem inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade de empreendimentos associados, a partir da coordenação de ações coletivas e iniciativas de agência de fomento. Atuam de acordo com diretrizes da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) e são parte das estratégias do MDR para a inclusão produtiva e o desenvolvimento de regiões.

Atualmente, há dez tipos de Rotas em atuação no País: do Açaí; da Biodiversidade; do Cacau; do Cordeiro; da Economia Circular; da Fruticultura; do Leite; do Mel; do Peixe; e da Tecnologia da Informação. As unidades estão espalhadas pelas cinco regiões brasileiras.

Serviço
Oficina de Planejamento Estratégico do Polo Manaus Amazônia da Rota da Biodiversidade
Data: 4 e 5 de novembro de 2019
Horário: 14h30 às 17h30 (segunda-feira) e 8h30 às 17h (terça-feira)
Local: Escola Superior de Tecnologia (EST)
Endereço: Av. Darcy Vargas, 1200, Parque Dez de Dezembro - Manaus (AM)

registrado em:
Fim do conteúdo da página